Melissa Collins

John P. Freeman Optional School

Estados Unidos

Melissa  Collins

Melissa Collins acredita que sua maior contribuição foi o treinamento de mais de cem professores com o processo de desenvolvimento profissional da National Board Certification para educadores, apoiando os professores a se tornarem líderes de professores. Ela falou em painéis, forneceu sessões de desenvolvimento profissional e organizou redes de liderança para aprimorar suas habilidades pedagógicas para que seus alunos possam alcançar os níveis acadêmicos mais altos. Ela defendeu a importância da ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM) em todos os níveis e, como resultado, vários de seus alunos entraram na força de trabalho STEM e desfrutam de carreiras de sucesso.

Colaborando com organizações como a VOYA e a Shell, ela atuou em uma equipe do Research Action Cluster e ajudou a desenvolver um website para as partes interessadas. Ela implementou um clube STEM em sua escola chamado Future Leaders of STEM (FLS), onde os alunos recebem treinamento prático e interagem com profissionais STEM. Ela também tem uma parceria com a Sociedade Nacional de Engenheiros Negros (NSBE) que colabora com estudantes de minorias, o que é particularmente relevante porque 99% dos estudantes em sua região são afro-americanos e pelo segundo ano consecutivo, enquanto as taxas de pobreza diminuíram nos EUA, eles aumentaram em Memphis e áreas adjacentes, com cerca de 68% dos alunos recebendo almoço grátis ou com desconto. Seus alunos residem em uma região dos Estados Unidos onde persistem a segregação e outras iniquidades socioeconômicas históricas de acordo com a raça, mas onde líderes de professores inspirados como Melissa desempenham um papel vital na comunidade. Seus prêmios incluem o National Board Certified Teacher, recebendo o Prêmio Presidencial, Professor do Ano do West Tennessee, Prêmio de Excelência de Professor Horace Mann, Prêmio Stephen Sondheim, Prêmio Queen Smith e Professor Maverick.